Atentado suicida causa sete mortos e 25 feridos


 

Lusa / AO online   Internacional   14 de Nov de 2009, 12:53

Sete mortos e 25 feridos é o primeiro balanço de um atentado suicida perto de um posto de controlo da polícia na cidade de Peshawar (noroeste do Paquistão), informaram hoje as autoridades.

"Pelo menos sete pessoas foram mortas e mais de duas dezenas foram feridas", declarou à imprensa o comandante da polícia de Peshawar, Liaqat Ali Khan, acrescentando que há dois polícias entre as vítimas mortais.

Num comunicado, o ministro dos Negócios Estrangeiros paquistanês, Shah Mehmud Qureshi, condenou o atentado e advertiu que "estes actos de crueldade apenas servem para fortalecer o compromisso do Governo de combater contra o terrorismo".

Peshawar tem enfrentado vários atentados nos últimos dias, um dos quais dirigido sexta-feira contra a sede regional da principal agência dos serviços secretos (ISI) e que causou 13 mortos e dezenas de feridos.

O Paquistão atravessa uma vaga de violência terrorista desde o início de Outubro com duas dezenas de ataques contra mercados, edifícios das forças de segurança ou autoridades políticas e militares, nos quais morreram pelo menos 443 pessoas, na sua maioria civis.

Muitas destas acções foram reivindicadas pela revolta talibã.

o exército paquistanês tem em curso uma grande ofensiva militar contra integristas na região tribal do Waziristão do Sul, o maior feudo talibã no país, e desenvolve operações mais pequenas em vários distritos próximos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.