Arquipélago dá-se a conhecer através de jogo didáctico


 

Lusa / AO Online   Regional   1 de Out de 2008, 19:11

O primeiro jogo didáctico de tabuleiro sobre a história, geografia e ambiente do arquipélago dos Açores foi hoje apresentado em Angra do Heroísmo, com o objectivo de "fomentar o conhecimento da região junto dos seus habitantes".
    "Esta vai ser uma forma de divulgar e promover a autenticidade dos Açores junto dos cidadãos de todas as idades, numa primeira fase no arquipélago, e a partir de Dezembro no resto do país e no estrangeiro com uma edição bilingue (português/inglês)", revelaram os promotores do projecto.

    Idealizado por dois jovens proprietários de uma empresa que se reclama de "Ideias Globais", Luís Carneiro e Hugo Salvador, o jogo contou com a assessoria de três historiadores, Francisco Maduro Dias, João Paulo Constança e José Mendonça e com design de um gráfico local.

    Segundo o historiador Maduro Dias, este é "um jogo inovador, apelativo, divertido, competitivo e multigeracional", sendo também "uma exemplo de criatividade do que pode ser lúdico".

    No jogo, que decorre num tabuleiro que tem uma foto do arquipélago como pano de fundo, podem competir entre dois e cinco concorrentes que terão de acertar nas 500 perguntas inseridas em blocos de dez ao longo de 50 cartões.

    O objectivo é conquistar o maior número de ilhas do arquipélago sendo que cada uma só pode ser considerada uma conquista se sobre ela o concorrente responder acertadamente a duas perguntas.

    O jogo, o primeiro projecto do género na região, custa 30 euros e já está disponível para venda nas diversas ilhas açorianas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.