Alexandre Gaudêncio vai prestar declarações na PJ na próxima semana

Alexandre Gaudêncio vai prestar declarações na PJ na próxima semana

 

Luís Pedro Silva   Regional   4 de Jul de 2019, 09:07

Alexandre Gaudêncio, presidente do PSD/Açores e presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, vai prestar declarações à Polícia Judiciária na próxima semana, no âmbito da operação “Nortada”.

O autarca está indiciado por crimes de peculato, prevaricação, abuso de poder e falsificação de documento.

Em causa, segundo o comunicado divulgado pela Polícia Judiciária, está “a reiterada violação de regras de contratação pública, de urbanismo e ordenamento do território, com presumíveis favorecimentos de empresários e entidades de direito privado, com prejuízos para o erário público”.

Segundo as informações recolhidas, a investigação conta com seis arguidos, sendo que alguns dos arguidos já prestaram declarações formais na Polícia Judiciária.

Os investigadores pretendem também obter esclarecimentos do líder do PSD/Açores, após a realização das buscas que permitiram “apreender volumosa documentação física e eletrónica”, segundo informou o Ministério Público.

A realização das buscas foi presidida por uma procuradora do MP e autorizada pelo juiz de instrução criminal de Ponta Delgada, com base nos indícios recolhidos pela investigação da Polícia Judiciária.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.