Açores alargam Orçamento Participativo para 1ME e somam cultura como nova área


 

Lusa/AO Online   Regional   30 de Jan de 2019, 12:54

O Governo dos Açores anunciou, esta quarta-feira, o reforço da dotação do Orçamento Participativo dos Açores, que passa de 600 mil para um milhão de euros, tendo alargado também as áreas temáticas para cinco.

De acordo com uma nota enviada pelo executivo, e segundo uma resolução publicada hoje em Jornal Oficial, o reforço das verbas do Orçamento Participativo açoriano "abrange o alargamento a mais uma área temática, a Cultura, mantendo as iniciais quatro áreas, ou seja, Ambiente, Inclusão Social, Juventude e Turismo".

Tendo em conta "o grande sucesso da primeira edição do Orçamento Participativo dos Açores e as sugestões recolhidas junto dos cidadãos, o Governo Regional decidiu também propor a criação de mais uma categoria de anteproposta", além do âmbito “ilha” vigente na primeira edição, explica o executivo socialista.

Assim, já este ano, os açorianos poderão "não só apresentar antepropostas para a sua ilha, como apresentar ideias de investimento público de âmbito regional com impacto em duas ou mais ilhas", lê-se na nota.

A primeira edição do Orçamento Participativo envolveu cerca de 1.500 cidadãos na fase de apresentação de antepropostas, num total de 324 ideias de investimento público.

O resultado foram 154 propostas submetidas à votação e de entre as quais, com base no voto de quase 5.000 cidadãos, saíram 29 projetos vencedores, atualmente “em execução pelo Governo Regional dos Açores".

O executivo sublinha ainda que o mecanismo visa "promover a democracia participativa ativa dos açorianos, com especial enfoque no envolvimento dos mais novos no processo de decisão das políticas públicas".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.