Vulcão em erupção na Indonésia força retirada de mais de 5.000 pessoas

Vulcão em erupção na Indonésia força retirada de mais de 5.000 pessoas

 

Lusa/AO online   Internacional   13 de Nov de 2013, 10:56

Mais de 5.000 pessoas foram retiradas, no oeste da Indonésia, após uma série de violentas erupções vulcânicas, informa a imprensa local.

 

O monte Singabung, no norte da ilha de Samatra, apresenta desde o início do mês uma grande atividade vulcânica, expelindo rochas, cinzas e lava até sete quilómetros de altura.

O Sinabung ‘acordou’ em setembro pela primeira vez desde 2010, após ter estado adormecido durante quase um século.

O porta-voz da Agência Nacional de Mitigação de Desastres, Sutopo Purwo Nugruho, indicou, segundo a agência noticiosa Antara, que as pessoas que foram retiradas pertencem a diferentes aldeias na região de Karo.

A Indonésia assenta no chamado “anel de fogo” do Pacífico, uma zona de forte atividade sísmica e vulcânica, abrigando dezenas de vulcões ativos.

Um dos mais perigosos, o Mérapi, situado na ilha central de Java, causou mais de 350 mortos durante uma série de erupções durante o ano de 2010.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.