Discussão do Programa do Governo

Via açoriana "tem de ser de respostas e não de desculpas"

Via açoriana "tem de ser de respostas e não de desculpas"

 

Ana Carvalho Melo   Regional   20 de Nov de 2012, 15:06

O líder da bancada parlamentar do PSD/Açores considerou que "a via açoriana tem de ser a via das respostas e não das desculpas".

Duarte freitas manifestou assim vontade de que "o regime de governo próprio dos Açores encontre respostas para os problemas que vivemos", sem esquecer que "não se podem alijar responsabilidades perante as dificuldades ou ineficiências".

O deputado, que falava esta terça-feira na Assembleia Legislativa dos Açores durante o debate do programa do governo para os próximos quatro anos, afirmou que "os tempos que correm exigem medidas urgentes, pois quem sofre não pode esperar que o governo e a oposição se entendam. E esse trabalho deve começar já hoje", sublinhando que "parte das dificuldades atuais advém das medidas de austeridade aplicadas pelo governo da República. Mas o PSD não ignora quem levou à necessidade de se tomarem essas medidas, mesmo se isso agora pouco interessará aos açorianos".

De acordo com nota enviada à comunicação social. Duarte Freitas assumiu que o PSD "está preparado e totalmente disponível para encontrar soluções", acrescentando que "temos, no entanto, muitas dúvidas sobre as opções do novo governo, nomeadamente na sua orgânica que não será a melhor. Nalguns casos, poderá mesmo ser um obstáculo aos objetivos propostos, mas isso o tempo dirá".

O líder da bancada parlamentar do PSD/Açores lembrou também "os muitos milhares de açorianos que nos deram o seu voto, confiando que éramos alternativa. Aqui estaremos também para mostrar que pode haver outro caminho no combate à maior crise económica na era da autonomia. Um combate contra a crise, e não contra o governo dos Açores, mas no qual não baixaremos os braços".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.