Açoriano Oriental
Covid-19
UE diz que material comprado em grupo vai demorar a chegar a Estados-membros

Os equipamentos médicos comprados em grupo a nível europeu para fazer face à pandemia da covid-19 começarão a estar disponíveis apenas “dentro de algumas semanas” em vez de no início de abril, disse um porta-voz da Comissão Europeia.

UE diz que material comprado em grupo vai demorar a chegar a Estados-membros

Autor: Lusa/AO Online

“Parte do equipamento, dependendo das especificações dos contratos, poderá estar disponível dentro de algumas semanas depois de os Estados-membros assinarem os contratos com os fornecedores”, disse, na conferência de imprensa diária, o porta-voz do executivo comunitário para a Saúde, Stefan de Keersmaecker.

O porta-voz não especificou que equipamentos estão em causa, nem quando está prevista a chegada do material comprado em grupo e que a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, tinha anunciado para início de abril.

“Assim que os processos estejam concluídos e os contratos-quadro assinados, os Estados-membros têm de assinar contratos com cada empresa para o fornecimento dos bens”, salientou.

Keersmaecker acrescentou ainda que o processo dependerá da rapidez da assinatura dos contratos, de quão rapidamente os Estados-membros façam os pedidos após a assinatura e de quão rapidamente a indústria poderá entregar o material a cada país.

Em 25 de março, Von der Leyen divulgou um vídeo indicando que o negócio estava quase concluído, faltando apenas a assinatura dos contratos, e que o material chegaria em duas semanas.

“Em duas semanas, as máscaras, as luvas, os fatos e os óculos de proteção estarão nos hospitais”, disse então a presidente da Comissão Europeia num vídeo publicado na sua conta da rede social Twitter.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.