Sporting vence Besiktas e apura-se para ‘play-off’ da ‘Champions’ de andebol

Sporting vence Besiktas e apura-se para ‘play-off’ da ‘Champions’ de andebol

 

Lusa/Ao online   Andebol   25 de Nov de 2018, 11:42

O Sporting qualificou-se hoje para os ‘play-off’ da Liga dos Campeões de andebol, ao vencer na receção aos turcos do Besiktas, por 34-28, em jogo da nona e penúltima jornada do grupo C, disputado no Pavilhão João Rocha.

Com este triunfo, os ‘leões’ passam a somar 14 pontos, os mesmos do primeiro classificado da ‘poule’, os dinamarqueses do Bjerringbro-Silkeborg, que tem melhor diferença entre golos marcados e sofridos (51 contra 28 do Sporting).

Na última ronda do grupo, marcada para a próxima semana, a formação ‘leonina' desloca-se, precisamente, à Dinamarca, onde irá decidir o primeiro lugar do grupo com o Bjerringbro-Silkeborg, que também já assegurou a outra vaga de qualificação para a próxima fase.

A pouca velocidade com que as equipas arrancaram o encontro deu a entender a intenção de ambas de quererem estudar-se mutuamente e não desperdiçarem os ataques de que dispunham. Os turcos mostravam poucas soluções para a quebrar a barreira defensiva dos ‘leões’, dependendo muito das finalizações de Ramazan Done (seis golos na primeira parte).

Mesmo assim, o Besiktas conseguiu ir mantendo a desvantagem mínima, até à entrada para os últimos 10 minutos da primeira parte, quando começaram a vir à tona as fragilidades defensivas e ofensivas dos turcos e o Sporting começou a distanciar-se no marcador.

Com cinco golos na primeira metade (seis em todo o jogo), Nikola Nikcevic foi o principal finalizador dos ‘leões’, juntamente com Carlos Carneiro, que dispôs de quatro livres de sete metros e não desperdiçou nenhum, ajudando os ‘verde e brancos’ a atingir o intervalo com uma vantagem de quatro golos (20-16).

No regresso do descanso, a formação comandada por Hugo Canela chegou a ter uma vantagem de seis golos (24-18), só que as aparentes facilidades concedidas pelo adversário ‘adormeceram’ a equipa de Alvalade.

Mesmo não tendo a vantagem (e o triunfo) verdadeiramente ameaçados, dada a superior qualidade em relação ao Besiktas, o Sporting foi sofrendo golos, mas também desperdiçando situações claras, que o impediram de somar uma vitória mais expressiva.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.