Síntese da jornada

Sporting desaproveita conjugação rara de empates dos rivais

Sporting desaproveita conjugação rara de empates dos rivais

 

Lusa/AO online   Futebol   19 de Ago de 2012, 22:43

O Sporting desaproveitou este domingo a conjugação rara de FC Porto, Benfica e Sporting de Braga terem perdido dois pontos na primeira jornada da I Liga de futebol, ao ceder um "nulo" em Guimarães, frente ao Vitória.

Horas antes, o detentor do título, o FC Porto, não tinha feito melhor na visita a Barcelos, no único estádio onde na época transata conhecera o gosto amargo da derrota (3-1).

Nem Hulk, que se integrou mais tarde na pré-época portista, juntamente com Danilo e Alex Sandro, e foi hoje o único titular do trio que representou o Brasil no torneio olímpico, evitou a perda de dois pontos.

No sábado, Benfica voltou a perder pontos na primeira jornada, o que se está a tornar uma tradição, tendo em conta que não vence desde a época 2004/2005 o primeiro jogo do campeonato, ao empatar 2-2 com o Sporting de Braga, cujo crescimento nos últimos anos lhe confere o estatuto de candidato ao título.

Para os minhotos, pese embora esse estatuto, foi um empate com sabor a vitória, até em função da mudança operada no comando técnico, com a entrada de um novo treinador, José Peseiro, que sucedeu a Leonardo Jardim.

A circunstância das quatro equipas mais apetrechadas da Liga terem cedido dois pontos cada uma logo na primeira jornada pode ser entendido como sinal de competitividade e faz antever um dos campeonatos mais disputados e equilibrados dos últimos anos.

Nos outros jogos disputados hoje, o Vitória de Setúbal surpreendeu, ao arrancar um precioso empate a dois golos na Choupana, perante um Nacional que fez uma pré-época muito promissora e que surgia claramente como favorito, mais ainda depois de ter ficado a vencer por 2-0 e a jogar contra 10.

Da mesma forma, o Moreirense, promovido à I Liga, conseguiu surpreender o Paços de Ferreira na Mata Real, ao impor um empate a uma bola, depois de ter estado em desvantagem, empate esse para o qual foi determinante a exibição do seu guarda-redes, Ricardo Ribeiro.

No pontapé de saída da primeira jornada, na sexta-feira, o Olhanense bateu o Estoril, também promovido à I Liga, por 2-1, enquanto o Marítimo foi a Vila do Conde, no sábado, somar três pontos frente ao Rio Ave, graças a um golo do central João Guilherme, a três minutos do fim do tempo regulamentar.

A primeira jornada encerra na segunda-feira, com a partida entre o Beira-Mar e a Académica, a partir das 19:15.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.