Sporting de Braga sem margem para errar

Sporting de Braga sem margem para errar

 

Lusa/AO online   Futebol   3 de Out de 2007, 17:21

O treinador do Sporting de Braga, Jorge Costa, reconhece não haver "margem de erro" para si e para a equipa, quinta-feira, com o clube sueco Hammarby, na segunda mão da primeira eliminatória da Taça UEFA de futebol.
     Com quatro derrotas nos últimos cinco jogos, os "arsenalistas" estão muito aquém das expectativas traçadas e, se a Taça da Liga já deixou de ser objectivo, entrar na fase de grupos da Taça UEFA - feito conseguido na época passada - continua a estar nos planos.

    Em conferência de imprensa, no estádio municipal bracarense, Jorge Costa reconheceu que a equipa não atravessa um bom momento, mas, "como já bateu no fundo", agora só pode pensar em recuperar, começando já pelo jogo europeu.

    "Vamos jogar em casa. Estamos no intervalo do jogo e a perder por 2-1, mas, com o apoio do nosso público, estamos confiantes em dar a volta ao resultado e entrar na fase de grupos da Taça UEFA", disse o antigo internacional português e ex-capitão do FC Porto.

    O treinador reconheceu que "o Braga está sem margem de erro e os jogadores sabem disso", tal como ele próprio, já que deviam "estar muito melhor".

    "Temos jogadores que não têm medo da pressão. Estamos conscientes de que batemos no fundo, mas este é o jogo para dar a reviravolta", acrescentou Jorge Costa.

    O Sporting de Braga perdeu em Setúbal por duas vezes (Liga e Taça da Liga), voltou a perder na Suécia (2-1), empatou, em casa, frente ao Benfica (0-0) e perdeu novamente em Guimarães (1-0).

    Por isso, o técnico sabe que também para o seu lado as coisas poderão complicar-se caso não vença, quinta-feira, o Hammarby, sublinhando que todos no seio do grupo têm "a consciência que a margem de erro, se já era mínima, agora já não existe".

    Recordando o que foi o jogo da Suécia, há 15 dias, Jorge Costa disse que a sua equipa foi superior e que poderiam realizar-se mais 10 jogos como aquele, que dificilmente o resultado (2-1) se repetiria.

    "Mas eles estão em vantagem e, amanhã (quinta-feira), a iniciativa do jogo tem que pertencer ao Braga. Eles vão tentar manter a vantagem, mas o Braga tem mais que qualidade para vencer", continuou.

    Jorge Costa não deu grande relevo ao facto do Hammarby ter jogado na passada segunda-feira para o campeonato sueco - perdeu 3-0 no terreno do IFK Gotemburgo -, considerando que a formação sueca teve "tempo suficiente para descansar e encontrar-se bem para este jogo", até porque fez "descansar alguns jogadores".

    O Sporting de Braga-Hammarby disputa-se a partir das 21:00 de quinta-feira no Estádio Municipal de Braga, com arbitragem do escocês Ian Robertson Brines.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.