Revista de imprensa nacional


 

Lusa / AO Online   Nacional   16 de Ago de 2008, 08:28

A crise na Geórgia e o endurecimento do tom dos EUA contra a Rússia, apesar do cessar-fogo, e a passagem de Obikwelu às meias finais dos Jogos Olímpicos fazem hoje a manchete do Público e Jornal de Notícias.
    O jornal Público noticia que os Estados Unidos e a Alemanha endurecem o tom contra a Rússia, com o presidente Bush a avisar a Rússia para abandonar uma política de "brutalidade e intimidação" que "promete apenas confronto e isolamento".

    Segundo o diário, o presidente da Geórgia acusa a Europa de se calar face à intervenção russa, mas acrescenta que a "chanceler alemã, Angela Merkel, falou das 'reacções desproporcionadas da Rússia'", colocando-se ao lado do presidente Medvedev.

    O Jornal de Notícias destaca a "crise humanitária" na Geórgia "apesar do cessar-fogo", sublinhando que os refugiados já chegam aos 118 mil, "mas a ajuda ainda não chega à ossétia do Sul nem às zonas ocupadas pela Rússia".

    O mesmo assunto consta também da primeira página do Diário de Notícias que alerta para o aviso dos EUA à Rússia e o apoio dos norte-americanos à Geórgia.

    O Público, o Jornal de Notícias e o Diário de Notícias puxam ainda para a primeira página a passagem de Francis Obikwelu à meia final de 100 metros de atletismo dos Jogos Olímpicos.

    "A Segurança privada já vale 800 milhões", escreve também o Jornal de Notícias em manchete.

    Já o Diário de Notícias destaca o facto de o ex-director da Judiciária José Santos Cabral defender uma polícia única em Portugal "que concentre os poderes dispersos por todas as forças de segurança".

    Escreve também sobre a derrota do Benfica contra o "Inter de Figo e de Mourinho" nas grandes penalidades na primeira Taça Eusébio, igualmente tema de destaque na primeira página do Jornal de Notícias e Correio da Manhã.

    Mas em manchete, o Correio da Manhã divulga que "o Fisco vigia uniões de facto" e escreve que os "serviços do IRS deram ordem às repartições para confirmarem residência dos contribuintes".

    O Diário de Notícias noticia ainda que "os advogados não querem procuradores junto de juízes" e destaca que o "segredo de Estado tapa fraquezas de segurança", divulgando que "materiais obsoletos e mau uso das armas" foram "denunciados em relatório secreto".

    A segurança rodoviária e a existência de "droga ao volante com quatro casos por semana" é também um dos temas de primeira página do Público.

    Já o 24Horas conta "como sofrem as mulheres dos atiradores" na primeira página.

    A Taça Eusébio, em que o Benfica perdeu nos penáltis contra o Inter de Milão e a Supertaça Cândido de Oliveira, hoje disputada entre o Futebol Clube do Porto e o Sporting, são os assuntos mais destacados nos três jornais desportivos.

    "Grande 1ª parte" faz a capa do desportivo O Jogo, acrescentando que "Mourinho, Figo e Pele venceram a Eusébio Cup nos Penáltis".

    O Record destaca que "Liedson acredita" na vitória do Sporting e sublinha a mensagem de incentivo que Levezinho "deixa aos colegas".

    "Agora é a sério" é a manchete do desportivo A Bola, referindo-se também à disputa da Supertaça Cândido de Oliveira.

    "Força Francis" escreve ainda A Bola, dando destaque à corrida de hoje de Francis Obikwelu na meia final de 100 metros nos Jogos Olímpicos, também na capa do Record.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.