Restituição das cauções pode ser pedida até 2015

Restituição das cauções pode ser pedida até 2015

 

Lusa / RJC / LPS   Regional   28 de Dez de 2013, 17:42

Os consumidores vão ter até final de 2015 para pedir a restituição das cauções pagas pelos contratos de água, eletricidade e gás e as empresas de fornecimento serão obrigadas a informar os clientes do direito ao reembolso.
Os consumidores vão ter até final de 2015 para pedir a restituição das cauções pagas pelos contratos de água, eletricidade e gás e as empresas de fornecimento serão obrigadas a informar os clientes do direito ao reembolso.
De acordo com um comunicado do Ministério da Economia e da Direção-Geral do Consumidor (DGC), que tem a seu cargo a análise dos pedidos de reembolso enviados pelos consumidores, este organismo tem atualmente a seu cargo a avaliação de vários “milhares de pedidos”, sendo que até agora apenas uma pequena parte dos pedidos analisados teve resposta positiva.
“Dos 6.000 pedidos tratados apenas em cerca de 500 se apurou terem direito à restituição de cauções, sendo o valor médio do montante restituído de 35 euros”, refere o comunicado.
O Governo justifica a prorrogação do prazo para os consumidores solicitarem a devolução das cauções, que terminava no final deste ano, com a maior divulgação do tema no último ano, o que “provocou um grande aumento de solicitações de consumidores” à DGC.
Segundo avançou ao Açoriano Oriental o secretário-geral da Associação de Consumidores da Região Açores (ACRA), Mário Reis, só em cauções ainda não devolvidas aos consumidores açorianos referentes a contadores de consumo de eletricidade estarão mais de 400 mil euros por pagar.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.