Bullying

Proposta da Confap sobre actos de violência divide pais

Proposta da Confap sobre actos de violência divide pais

 

Lusa / AO online   Nacional   5 de Mar de 2010, 17:33

O Ministério da Educação vai considerar a proposta da Confap para responsabilizar os pais pelos actos violentos dos filhos, mas alerta que qualquer medida tem de ser tomada em "ambiente sereno" e de "ponderação", revelou fonte do ME.
A posição do Ministério da Educação (ME) surge depois de, na quinta-feira, a Confederação Nacional de Associações de Pais (Confap) ter entregado à tutela uma proposta a incluir na discussão sobre a revisão do Estatuto do Aluno.

Nessa proposta, a Confap sugere que as famílias sejam responsabilizadas pelos actos de violência dos filhos dentro da escola, seja através da retenção de parte dos apoios sociais, seja através de multas ou retenções nos impostos, entre outras medidas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.