PR felicita rei Juan Carlos no dia de Espanha

PR felicita rei Juan Carlos no dia de Espanha

 

Lusa/AO online   Internacional   12 de Out de 2012, 15:14

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, enviou "calorosas felicitações" ao rei Juan Carlos por ocasião£o da Festa nacional de Espanha, que se celebra esta sexta-feira.

Na mensagem, Cavaco Silva sublinhou “a excelência e o dinamismo que caracteriza o relacionamento bilateral e que se projeta nos mais variados domínios em que os interesses [de Portugal e de Espanha] convergem”.

“Estou seguro de que saberemos, em conjunto, continuar a enriquecer e a expandir esse património comum de cooperação”, referiu.

Os reis e príncipes de Espanha, e o chefe de governo, Mariano Rajoy, presidiram a um austero desfile militar, que durou pouco mais de uma hora, organizado para celebrar a Festa Nacional, na praça de Neptuno, em Madrid.

Enquanto os reis e os príncipes foram recebidos com aplausos, ao descerem dos veículos nos quais se deslocaram até à praça de Neptuno, a chegada de Rajoy foi acolhida com silêncio.

A região da Catalunha, em plena fase independentista e em conflito aberto com Madrid devido à exigência de uma maior autonomia orçamental, não se fez representar nas cerimónias, como tinha anunciado previamente.

Em contrapartida, os presidentes das regiões de Aragão, Astúrias, Canárias, Castela e Leão, Estremadura, Madrid, Múrcia, Navarra e Castela A Mancha, além do da cidade autónoma de Ceuta, estiveram presentes nas cerimónias.

Depois de terem começado com a interpretação do hino espanhol e do rei ter passado revista às tropas, a cerimónia incluiu a homenagem à bandeira e aos caídos pela pátria e um voo da patrulha acrobática Águila, que quando passou desenhou no céu a bandeira espanhola.

Os aparelhos da patrulha Águila foram os únicos aviões presentes no desfile militar, já que devido às medidas de austeridade impostas no país, este ano não se realizou a habitual exibição aérea, nem de carros de combate ou blindados.

No total, participaram cerca de 2.600 militares dos três ramos das forças armadas e da Guardia Civil no desfile.

As cerimónias vão terminar com uma receção dos reis no Palácio Real às autoridades do Estado e aos representantes dos partidos políticos.

Em Barcelona (nordeste de Espanha), cerca de seis mil pessoas, de acordo com a polícia local, concentraram-se na praça Catalunha em defesa da unidade de Espanha, num ambiente festivo e familiar cheio de bandeiras espanholas, catalãs e algumas europeias.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.