Português eleito para integrar direção da federação internacional de lutas amadoras


 

Lusa/Ao online   Outras modalidades   20 de Out de 2018, 07:30

O presidente da Federação Portuguesa de Lutas Amadoras (FPLA), Pedro Silva, foi esta sexta feira eleito em Budapeste, na Hungria, para um mandato de seis anos na direção da federação internacional da modalidade olímpica.

"Esta eleição é o reconhecimento da capacidade e da competência demonstrada pela FPLA ao longo dos últimos anos, no plano internacional, mas também nacional", assinalou Pedro Silva, em comunicado na página oficial da FPLA.

Para o também presidente do Comité do Mediterrâneo de Lutas Associadas (CMLA) "é uma honra e um privilégio, mas também uma enorme responsabilidade poder servir a modalidade neste cargo".

O candidato português foi eleito à primeira volta e com maioria absoluta numa eleição realizada durante o congresso da United World Wrestling em Budapeste.

Pedro Silva vai integrar a direção da federação internacional, presidida por Nenad Lalovic, membro da Comissão Executiva do Comité Olímpico Internacional.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.