Mundial Futsal

Portugal procura intrometer-se entre Brasil e Espanha

Portugal procura intrometer-se entre Brasil e Espanha

 

Lusa/AO online   Outras modalidades   30 de Set de 2008, 16:40

Portugal assume-se como um dos favoritos à conquista do Mundial de futsal, que se inicia terça-feira no Brasil, embora a equipa da casa e a Espanha sejam os grandes candidatosao título
Embora reconheça que Portugal não pode ser como o Brasil, que "conseguia fazer quatro selecções muito fortes, ou como a Espanha, que já consegue fazer duas equipas de grande qualidade", o seleccionador nacional garante que a equipa lusa "pode lutar contra eles, se tiver todos os jogadores disponíveis".
Na apresentação dos convocados, a 01 de Setembro, Orlando Duarte disse acreditar no trabalho que Portugal está a realizar e garantiu que a equipa vai "lutar até ao limite".
No Mundial do Brasil, Portugal está integrado no Grupo B, juntamente com a Itália, o Paraguai, os Estados Unidos e a Tailândia, jogando os três primeiros encontros no Rio de Janeiro e o último em Brasília.
Portugal folga na primeira jornada e estreia-se a 02 de Outubro, frente ao Paraguai, "uma equipa muito renovada e com grande qualidade, e com jogadores que actuam quase todos em Itália", de acordo com Orlando Duarte.
Dois dias depois, Portugal defronta o mais forte adversário da primeira fase, a "canarinha" Itália, que se apresenta neste Mundial com 14 jogadores - todos os inscritos - nascidos no Brasil.
A 06 de Outubro, Portugal defronta os Estados Unidos, uma equipa que "não tem um futsal de grande qualidade, mas tem um jogo muito físico", e dois dias depois a Tailândia, que "melhorou muito, sobretudo graças ao trabalho de alguns treinadores brasileiros".
Esta é a terceira participação da selecção portuguesa em fases finais de campeonatos do Mundo, com a melhor classificação a registar-se na estreia, em 2000, na Guatemala.
Portugal atingiu as meias-finais, na qual foi goleado pelo Brasil, por 8-0, mas acabaria por bater a Rússia, por 4-2, no jogo de atribuição dos terceiro e quarto classificados.
Sempre com Orlando Duarte no banco, Portugal estaria presente na fase final do Mundial Taiwan'2004, mas acabou por ser eliminado na segunda fase.
Depois de ter terminado a primeira fase no segundo lugar, atrás da Argentina, Portugal acabou por ser afastado na ronda seguinte, terminando a "poule" atrás da Itália e da Espanha, que atingiriam a final.
Os dois primeiros classificados de cada grupo da primeira fase garantem a presença na segunda fase, que terá dois grupos, na qual Portugal poderá encontrar a Espanha, caso vença a sua "poule", ou o Brasil, se a equipa lusa ficar em segundo.
Para as meias-finais, qualificam-se os dois primeiros posicionados dos dois grupos da segunda fase.
Depois de ter falhado os dois últimos títulos, o Brasil, a jogar em casa, assume-se como grande favorito à conquista do "tetra".
Contudo, a bicampeã Espanha, reforçada por um terceiro brasileiro, surge num nível semelhante ao do Brasil, podendo igualar o "escrete" no número de títulos mundiais.
Num segundo patamar, surgem equipas como a vice-campeã europeia e Mundial Itália, a Rússia e Portugal, semifinalistas no Europeu de 2007, ou a Argentina, quarta classificada no último Mundial.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.