Portas apela a açorianos premiarem quem trabalhou

Portas apela a açorianos premiarem quem trabalhou

 

Lusa/AO   Regional   11 de Set de 2008, 06:18

O líder do CDS-PP, Paulo Portas, apelou ontem para os eleitores açorianos premiarem nas eleições de Outubro quem trabalhou, argumentando que a representação popular no Parlamento açoriano fez mais do que partidos com maior número de deputados.
"O CDS-PP produziu mais, com um deputado (no Parlamento açoriano), do que outros partidos com mais deputados", afirmou Paulo Portas, na apresentação pública da lista de candidatos do partido por São Miguel às eleições regionais de 19 de Outubro.

    Para Paulo Portas, que iniciou ontem uma visita de dois dias aos Açores, no âmbito da pré-campanha para as eleições regionais, o CDS-PP/Açores apresenta-se a este acto eleitoral "com muito trabalho feito e por isso deve ser premiado".

    Paulo Portas apontou como exemplo o apoio aos idosos mais pobres para compra de medicamentos e o aumento da diária dos doentes açorianos que recebem tratamento no continente como duas "grandes propostas populares" que foram aprovadas no Parlamento açoriano nesta legislatura.

    Confiante que o partido vai conseguir eleger deputados pela ilha de São Miguel, Portas disse que mais uma vez ficou provada a "sensatez e sentido de justiça" do CDS-PP ao defender no Parlamento regional uma redução de impostos que beneficiasse os escalões de classe média, que é a "vértebra da sociedade".

    O Parlamento açoriano aprovou terça-feira a proposta do Governo Regional socialista, que determina que os contribuintes açorianos que pertencem ao primeiro e segundo escalões do IRS vão passar a ser tributados em menos 30 e 25 por cento do que as taxas em vigor no continente.

    O diploma, que entra em vigor em Janeiro, foi aprovado pela bancada da maioria PS, com a abstenção do PSD e do CDS/PP, que defendiam ambos uma maior redução de imposto.

    Questionado sobre a recandidatura de Diogo Feio como líder da bancada parlamentar do CDS-PP na Assembleia da República, Paulo Portas disse apenas que concorda e merece todo o seu apoio.

    Uma fonte do partido adiantou hoje à agência Lusa que Diogo Feio, eleito líder parlamentar em Outubro do ano passado, já comunicou aos colegas de bancada a intenção de se recandidatar.

    A lista de candidatos do CDS-PP por São Miguel ao Parlamento açoriano é encabeçada pelo líder do partido na maior ilha açoriana, Pedro Medina, que assegurou que os nomes apresentados concorrem para exercer o mandato e correspondem a uma remodelação de 70 por cento.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.