Açoriano Oriental
Parlamento Europeu aprova instalação de uma estação de Gás Natural Liquefeito nos Açores
O arquipélago dos Açores pode vir a integrar a rede europeia de abastecimento de navios com gás natural liquefeito
Parlamento Europeu aprova instalação de uma estação de Gás Natural Liquefeito nos Açores

Autor: Ana Rafaela Edral

O Parlamento Europeu aprovou esta terça-feira, em Estrasburgo, um relatório que consagra a solução dos Açores como estação de combustível de Gás Natural Liquefeito (GNL) para abastecimento de navios das rotas marítimas transatlânticas.

A proposta partiu do eurodeputado socialista Carlos Zorrinho e contou com o apoio do eurodeputado açoriano Ricardo Serrão Santos.

Carlos Zorrinho refere que, dada a sua localização geográfica, os Açores podem funcionar como uma importante estação de combustível para as rotas transatlânticas.

Citado em nota de imprensa do seu gabinete, o eurodeputado português refere ainda que o gás liquefeito é uma componente importante para garantir a segurança energética e apoiar uma transição sustentável para um modelo energético baseado em energias renováveis e limpas.

Por seu lado, Serrão Santos destacou que este investimento não deve substituir os investimentos no desenvolvimentos das energias renováveis, sublinhando o deputado, no decorrer da sessão plenária, que o arquipélago dos Açores pode “constituir um ponto-chave no abastecimento de navios mercantes com GNL”.

 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.