Ambiente

Ordem dos Biólogos apoia condicionamento de colheitas de amostras

Ordem dos Biólogos  apoia condicionamento de colheitas de amostras

 

Lusa/AO online   Regional   23 de Set de 2011, 12:22

A Ordem dos Biólogos nos Açores declarou-se favorável à proposta do Governo Regional que visa condicionar a recolha de amostras destinadas a investigação científica, alegando que a iniciativa garante a salvaguarda dos interesses económicos do arquipélago.
O presidente do Conselho Regional dos Açores da Ordem dos Biólogos, Sérgio Ávila, disse que, com as regras previstas na proposta de decreto legislativo regional que o executivo entregou no parlamento, ficam “acautelados” eventuais dividendos económicos para a Região resultantes de pesquisas em sejam utilizados materiais recolhidos no arquipélago.

Para este investigador da Universidade dos Açores, esta iniciativa legislativa tem também o mérito de “prevenir possíveis surpresas” em matéria de utilização de amostras colhidas no território e no mar dos Açores.

Sérgio Ávila sublinhou o valor económico que pode ter a aplicação industrial de resultados de pesquisas realizadas com base em alguns organismos recolhidos, por exemplo, em meios tão ricos como as fontes hidrotermais localizadas à superfície ou no mar do arquipélago.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.