Açoriano Oriental
Madeira pretende abrir concurso para 200 novos enfermeiros para a região

O Governo da Madeira assegurou que pretende abrir um concurso para mais 200 enfermeiros na região e outro para o reconhecimento de 64 enfermeiros especialistas, revelou o bastonário da Ordem dos enfermeiros.

Madeira pretende abrir concurso para 200 novos enfermeiros para a região

Autor: Lusa/AO Online

O bastonário Luís Filipe Barreira reuniu-se, no Funchal, com o presidente do Governo Regional, o social-democrata Miguel Albuquerque, e com o secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, a quem transmitiu preocupações com o elevado número de horas extraordinárias feitas pelos enfermeiros no arquipélago e a falta de reconhecimento dos enfermeiros especialistas.

Em declarações à Lusa, depois do encontro, o bastonário revelou que foi assegurado que, “após a aprovação do orçamento”, decorrerá “um procedimento concursal com a abertura de 200 vagas para o recrutamento de enfermeiros para a região”, nomeadamente para o Hospital Doutor Nélio Mendonça e o Hospital dos Marmeleiros.

“Neste momento, resolve o problema. Obviamente, temos que pensar que teremos um futuro hospital e que também é prudente ter em consideração o número de enfermeiros que vão entrar no sistema. De qualquer forma, neste momento, para aliviar a carga horária que os enfermeiros têm, é uma boa notícia”, disse.

Luís Filipe Barreira destacou também que foi assegurado que será resolvida a situação dos 64 enfermeiros que são especialistas, mas que não têm a categoria, através da abertura de outro procedimento concursal.

Na quinta-feira, o bastonário visitou os hospitais Doutor Nélio Mendonça e dos Marmeleiros e ouviu preocupações dos enfermeiros.

“Uma das preocupações também que notamos foi o número crescente de casos, chamados casos sociais, que não têm apoio familiar e que nos preocupam em termos de ocupação de camas nas instituições”, disse.

Neste sentido, também foi assegurado que, “num futuro próximo”, serão constituídas 12 equipas de assistência domiciliária para assegurar cuidados a todas aquelas pessoas que pretendam e tenham condições de ter cuidados no domicílio.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados