Açoriano Oriental
João Henriques aponta como “grande objetivo” lutar pelos três pontos frente ao Sporting

O treinador do Santa Clara, João Henriques, afirmou este domingo que o "grande objetivo" da equipa frente ao Sporting é lutar pelos três pontos, no jogo da segunda-feira, a contar para 14ª. jornada da I Liga de futebol.

article.title

Foto: Eduardo Resendes
Autor: AO Online/ Lusa

"Aquilo que nós queremos é preparar sempre bem os jogos, de forma a que, à semelhança de todos os outros que realizamos aqui, a equipa seja competitiva e lute pelos três pontos. É o nosso grande objetivo, é lutar pelos três pontos, sabendo de antemão que o grau de dificuldade deste jogo é elevado", afirmou João Henriques na conferência de antevisão ao jogo que se irá disputar no estádio de São Miguel.

Segundo o treinador dos açorianos, o próximo adversário "dispensa apresentações pela qualidade e historial", mas, apesar disso, o técnico assegurou que prepara os jogos todos da mesma maneira, "independentemente do adversário".

Defendendo que tanto Santa Clara como Sporting precisam dos três pontos, o treinador de 47 anos prometeu apresentar uma equipa "competitiva", "desinibida" e "à procura do golo".

"Nós e o Sporting precisamos dos três pontos, cada equipa para os seus objetivos. Aquilo que vamos fazer, garantidamente, é ser uma equipa competitiva, equipa organizada, à procura do golo, desiniba face aquilo que é a eventual pressão de ter de conquistar pontos", afirmou.

Nos últimos três encontros para o campeonato, a equipa açoriana soma um empate, na última jornada, frente ao Marítimo (2-2), e duas derrotas, frente a Boavista e Benfica (ambas por 2-1).

A última vitória dos insulares na I Liga foi alcançada frente ao Gil Vicente, por 1-0, à sétima jornada, mas são números que não preocupam João Henriques, que diz estar consciente do "potencial dessa equipa" e do "trabalho realizado".

"Sabemos o que temos em casa, sabemos aquilo que é o potencial dessa equipa, o trabalho realizado e a confiança no que temos feito e no que podemos fazer para a frente", assinalou.

Apesar de João Henriques não ter conseguido nenhuma vitória frente aos ‘grandes’ no comando dos açorianos (esta época já foi derrotado pelo Benfica por 2-1 e pelo FC Porto por 1-0 e 2-0), o treinador frisou que, tal como nos jogos anteriores frente a essas equipas, o Santa Clara vai discutir a partida até ao "último minuto".

"Fizemos bons jogos, jogos sempre competitivos e discutimos sempre os jogos até ao último minuto [frente aos grandes]. É isso que queremos fazer frente ao Sporting. Não foge à regra", apontou.

O treinador dos insulares destacou que Bruno Fernandes não vai ser alvo de uma preocupação especial, apesar de ser um "extraordinário jogador".

"Isso era um erro, se nós o fizéssemos", considerou.

Questionado sobre qual considera o jogador que mais se destaca na equipa açoriana, João Henriques defendeu que o Santa Clara vive "muito mais do coletivo".

"No Santa Clara vivemos muito mais do coletivo do que individualidade. Queremos é que o coletivo potencie as individualidades, porque qualidade existente no Santa Clara é evidente", afirmou.

Santa Clara, 15.º classificado, com 14 pontos, vai medir forças com o Sporting, quarto, com 23, na segunda-feira, às 18:00 (19:00 em Lisboa), no estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, nos Açores.



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.