Grupo EDA com 17 ME de lucro em 2012

Grupo EDA com 17 ME de lucro em 2012

 

Lusa/AO online   Regional   26 de Dez de 2013, 15:42

O Grupo EDA (Empresa de Eletricidade dos Açores) terminou o ano de 2012 com um lucro superior a 17 milhões de euros, mais 3 milhões do que no ano anterior, segundo o relatório de contas.

O relatório de contas, a que a agência Lusa teve hoje acesso, indica que a elétrica açoriana é das poucas empresas do setor público empresarial regional que apresenta lucro, sem necessitar de subsídios à exploração.

Só em 2012, as empresas do Grupo EDA (EDA, Empresa de Eletricidade e Gás, SOGEO, GlobalEDA, Segma, GeoTerceira, Normaçores, Controlauto, Oniações e Nova Base Atlântico) atingiram um volume de negócios de cerca de 220 milhões de euros.

Apesar da conjuntura económica desfavorável, a EDA conseguiu reduzir o seu endividamento em 24 milhões de euros, apresentando, ainda assim, no final do ano, um passivo elevado (quase 400 milhões de euros).

A EDA registou, pelo segundo ano consecutivo, uma redução na procura de eletricidade, neste caso superior a quatro por cento.

O fomento das energias renováveis continua a ser uma das grandes apostas da empresa, que registou um crescimento para o dobro da produção de energia eólica em apenas um ano (33 GWh em 2011 para 63 GWh em 2012).

Este aumento de produção ficou a dever-se à entrada em exploração do Parque Eólico dos Graminhas, em São Miguel, e à expansão do Parque Éolico da Serra do Cume, na Terceira.

Apesar disso, a percentagem de produção de energias renováveis diminuiu, no global, de 30% para 28%, devido aos problemas ocorridos na Central Geotérmica da Ribeira Grande, que obrigaram a interromper a produção durante grande parte do ano.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.