Governo dos Açores diz que a ilha Terceira é a que tem menor taxa de sazonalidade

Governo dos Açores diz que a ilha Terceira é a que tem menor taxa de sazonalidade

 

Lusa/Ao online   Regional   6 de Abr de 2019, 09:31

 A secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo dos Açores, Marta Guerreiro, disse hoje que a ilha Terceira era a que apresentava a taxa de sazonalidade mais baixa do arquipélago, fixando-se nos 51%.

"Neste inverno, e por forma a colmatar, ainda que parcialmente, a ausência do voo de Espanha, desenvolvemos campanhas em parceria com operadores portugueses para potenciar fluxos turísticos de fevereiro a maio, com especial enfoque para a ilha Terceira, registando-se a venda de mais de 1.500 dormidas", adiantou.

Marta Guerreiro falava na abertura do seminário "Turismo Interativo e Inteligente: desafios para os espaços insulares", na Praia da Vitória, na Terceira.

No início da semana, o líder regional do CDS-PP, Artur Lima, e o presidente da Câmara de Comércio de Angra do Heroísmo (CCAH), Rodrigo Rodrigues, reivindicaram, no final de uma reunião, um reforço de ligações para a ilha Terceira, sobretudo na época baixa.

Então, Artur Lima considerou "preocupantes" os números das dormidas na hotelaria tradicional no mês de janeiro, alegando que se tinha registado uma quebra de dormidas de turistas espanhóis de 3.000 para pouco mais de 200.

"Os números de janeiro, fevereiro e março vão ser um choque muito grande, vão ser uma péssima notícia para a economia dos Açores, para a economia do grupo central e, particularmente, para a Terceira. Portanto, o Governo [Regional] tem de tomar medidas", frisou.

A secretária regional com a pasta do Turismo, que já tinha anunciado no fim de semana que o voo direto entre a Terceira e Madrid, suspenso em dezembro, seria retomado em outubro, reforçou o impacto das ligações a Espanha e Estados Unidos da América (EUA) no combate à sazonalidade.

"A captação de operações turísticas de ano inteiro está em curso desde 2016, com operações com grande impacto no desempenho turístico da ilha, como são as de Boston e Madrid, esta última interrompida em dezembro, mas que, como já foi adiantando, será retomada em outubro", declarou.

Segundo Marta Guerreiro, entre 2016 e 2018, a Terceira registou um crescimento de 33% nas dormidas em todas as tipologias, "superior ao verificado na região", verificando-se aumentos até em mercados sem ligações diretas à ilha, como o alemão (6,5%) e o francês (87%).

A governante avançou ainda que desde o início de março estão disponíveis pacotes e voos combinados entre a Delta Airlines, que voa todos os dias da semana entre Nova Iorque e Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, e a companhia aérea açoriana SATA Air Açores, através da Azores Getaways.

"No espaço de aproximadamente 20 dias venderam-se mais de 100 pacotes São Miguel-Terceira a turistas que chegaram aos Açores vindos da Delta, através deste ‘interline’ virtual", revelou, considerando que os dados são "claramente positivos".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.