Futebolistas ingleses boicotam redes sociais para protestarem contra o racismo


 

Lusa/Ao online   Futebol   19 de Abr de 2019, 12:45

Os futebolistas profissionais que jogam em Inglaterra organizam esta sexta feira e no sábado um boicote de 24 horas às redes sociais, sob o lema #Enough [Basta], com o objetivo de protestarem contra o racismo.

“Vamos enviar uma mensagem a todos os que insultem os futebolistas, quer seja no estádio, quer seja através da Internet. Não vamos permitir isso”, afirmou Troy Deeney, jogador do Watford, um dos impulsionadores da iniciativa, juntamente com Chris Smalling, defesa do Manchester United.

A Associação de Futebolistas Profissionais (PFA) inglesa apoiou a iniciativa, que decorre entre as 09:00 de hoje e as 09:00 de sábado, considerando-a “uma chamada de atenção para a importância da luta contra o racismo”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.