"Empresas açorianas são as que mais resistem" é a manchete do Açoriano Oriental

"Empresas açorianas são as que mais resistem" é a manchete do Açoriano Oriental

 

AO online   Regional   6 de Fev de 2019, 00:00

O estudo do Banco de Portugal que revela serem as empresas dos Açores as que registam a maior taxa de sobrevivência após os primeiros quatro anos de atividade está em destaque no Açoriano Oriental de quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019.

"Novo órgão do Conservatório estreia-se em concerto" é o destaque fotográfico do jornal.

"Azores Airlines deixa de voar para Providence" é outro título do Açoriano Oriental e o destaque do desporto vai para as participações de Ricardo Moura e Bernardo Sousa no Rali Serras de Fafe, a primeira prova do nacional de ralis.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.