Incêndios florestais

Combate aos fogos custou 78 milhões de euros

Combate aos fogos custou 78 milhões de euros

 

Lusa / AO online   Nacional   23 de Out de 2007, 17:12

O ministro da Administração Interna, Rui Pereira, estimou hoje em 78 milhões de euros o custo global do combate aos incêndios florestais em 2007, considerando que não houve aumento de custos em relação ao ano passado.
"O número provisório que posso avançar, e que envolve não apenas o Ministério da Administração Interna (MAI) mas também o Ministério da Agricultura, é de 78 milhões de euros", afirmou o ministro Rui Pereira, em declarações aos jornalistas no final de uma audição parlamentar que durou mais de três horas.

Na Comissão Eventual de Acompanhamento e Avaliação da Política Nacional de Defesa da Floresta Contra Incêndios, o ministro foi repetidas vezes questionado pela oposição sobre o custo total do combate aos incêndios este ano, mas foi menos claro na resposta aos deputados.

"Independentemente de uma estimativa completa de custos que prometemos fazer, não tivemos uma evolução de custos em relação ao ano passado. Apesar de se ter aumentado a capacidade e os resultados, fez-se uma optimização de recursos", garantiu Rui Pereira, na audição parlamentar.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.