Campanha Pobreza Zero mobiliza 65.753 portugueses

Campanha Pobreza Zero mobiliza 65.753 portugueses

 

Lusa / AO online   Nacional   18 de Out de 2007, 11:17

A campanha "Pobreza Zero" levantou quarta-feira 65 753 portugueses, em Lisboa, para dar voz à luta contra a pobreza e aos oito Objectivos de Desenvolvimento do Milénio, anunciou hoje a organização
A mobilização, designada "Levanta-te e Faz-te Ouvir, Contra a Pobreza e Pelos Objectivos de Desenvolvimento do Milénio", fez com que o número de portugueses a "levantar-se contra a pobreza" tivesse ultrapassado o objectivo inicial de 50.000 pessoas, referiu a Pobreza Zero, que organizou a iniciativa.

A finalidade da mobilização era "encorajar a sociedade civil, o Governo e a Assembleia da República a aceitar o desafio da erradicação da pobreza e o cumprimento dos oito objectivos de Desenvolvimento do milénio.

Em 2000, os países membros da ONU assumiram cumprir até 2015 oito objectivos de Desenvolvimento do Milénio, de que a erradicação da pobreza é o primeiro objectivo anunciado.

No âmbito da mesma campanha mundial contra a pobreza, que começou terça-feira à noite e se prolongou até às 21:00 de quarta-feira, 400 estudantes juntaram-se na Alameda da Cidade Universitária, Lisboa, para participar no "Despertar contra a pobreza", criando uma cama gigante na relva, para depois, ao som de um sinal, se levantarem contra a pobreza.

Segundo dados da ONU, uma em cada seis pessoas no mundo vive em condições de extrema pobreza, não tem acesso a medicamentos, nem à educação básica e a cada três segundos uma criança morre vítima de pobreza extrema.

Em Portugal, um em cada cinco pessoas vive na pobreza, situação de que o presidente da República, Cavaco Silva, disse sentir-se envergonhado.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.