Açoriano Oriental
Áustria destaca-se na última meia hora e derrota Polónia

Dois golos na última meia hora permitiram hoje à Áustria desfazer o equilíbrio e vencer a Polónia (3-1) para reavivar a ambição dos oitavos de final do Euro2024 de futebol, num embate da segunda jornada do Grupo D.

Áustria destaca-se na última meia hora e derrota Polónia

Autor: Lusa


Depois do empate ao intervalo, face aos golos de Gernot Trauner, aos nove minutos, e Krzysztof Piatek, aos 30, a seleção alpina superiorizou-se no último terço e selou a vitória com golos de Christoph Baumgartner, aos 66, e de Marko Arnautovic, aos 78, de penálti, tendo desperdiçado ocasiões para avolumar o resultado.

Derrotada pela França na primeira ronda (1-0), a Áustria somou os primeiros três pontos e igualou França e Países Baixos, que se defrontam ainda hoje, enquanto os polacos, sem qualquer ponto, estão mais próximos da eliminação, quando lhes resta defrontar os franceses, na terça-feira.

Dominadora nos primeiros instantes, a formação alpina surgiu com Arnautovic em vez de Gregoritsch no ataque e com um renovado eixo defensivo, composto por Lienhart e Trauner, jogador que apareceu ao primeiro poste para a cabecear para o fundo das redes em resposta a cruzamento de Mwene, logo aos nove minutos.

Com quatro alterações face ao ‘onze’ da derrota com os Países Baixos (2-1), a Polónia adiantou-se no terreno após o golo sofrido e ameaçou igualar por Zalewski, num remate por cima, aos 18 minutos, após combinação entre Slisz e Frankowski.

A reação polaca intensificou-se e culminou em golo à passagem da meia hora, num lance em que se acercou da área contrária, com Piatek a beneficiar de um ressalto na pequena área para desviar a bola do alcance de Pentz.

Os austríacos recuperaram a iniciativa após o tento adversário, embora sem a fluidez dos minutos iniciais, e aproximaram-se de nova vantagem em remates de Sabitzer, aos minutos 39 e 42, antes da resposta de Zielinski, num livre defendido pelo guarda-redes contrário, aos 45+1.

A segunda parte começou sob a tónica do equilíbrio, com as seleções a intercalarem os períodos de ataque e a encetarem a ‘dança’ das substituições, na qual se deu a estreia de Lewandowski no Euro2024, com a entrada para o lugar de Buksa, aos 60 minutos.

A seleção às ordens de Ralf Rangnick deu-se melhor com as trocas e regressou à vantagem com um pontapé certeiro de Baumgartner, médio do Leipzig, depois da condução de bola pela esquerda do recém-entrado Prass e da simulação de Arnautovic.

Apesar da resposta pronta, em remate de Swiderski para defesa de Pentz, a seleção às ordens de Michal Probierz desorganizou-se e concedeu mais espaço, aproveitado por Sabitzer para entrar na área e ser derrubado por Szczesny, num penálti convertido por Arnautovic, dianteiro do Inter de Milão, aos 78 minutos.

A goleada pairou sobre o Estádio Olímpico de Berlim, face às ocasiões protagonizadas por Posch, aos 83 minutos, e Laimer, aos 85, ante uma Polónia já sem energia para a busca de um outro resultado.

Jogo no Estádio Olímpico de Berlim.

Polónia - Áustria, 1-3.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

0-1, Gernot Trauner, 09 minutos.

1-1, Krzysztof Piatek, 30.

1-2, Christoph Baumgartner, 66.

1-3, Marko Arnautovic, 78 (grande penalidade).

 

Equipas:

- Polónia: Szczesny, Bednarek, Dawidowicz, Kiwior, Frankowski, Piotrowski (Moder, 46), Slisz (Grosicki, 75), Zielinski (Urbanski, 87), Zalewski, Buksa (Lewandowski, 60) e Piatek (Swiderski, 60).

Selecionador: Michal Probierz.

- Áustria: Pentz, Posch, Trauner (Danso, 59), Lienhart, Mwene (Prass, 63), Seiwald, Grillitsch (Wimmer, 46), Baumgartner (Schmid, 81), Laimer, Sabitzer e Arnautovic (Gregoritsch, 81).

Selecionador: Ralf Rangnick.

 

Árbitro: Umut Meler (Turquia).

Ação disciplinar: Xartão amarelo para Slisz (53), Wimmer (56), Moder (62), Lewandowski (64), Arnautovic (70) e Szczesny (77).

Assistência: 69.455 espetadores.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados