Açoriano Oriental
Aplicação de desinfetantes nos espaços públicos sem fiscalização

As câmaras municipais de São Miguel deram início a uma operação de limpeza e desinfeção dos espaços públicos dos municípios com periodicidade, regra geral, semanal, com o objetivo de limitar a propagação do novo coronavírus, mas, pelo que o Açoriano Oriental conseguiu apurar, nem os desinfetantes utilizados nem a sua aplicação estão a ser fiscalizados.

Aplicação de desinfetantes nos espaços públicos sem fiscalização

Autor: Carolina Moreira

O AO questionou as seis autarquias da ilha no sentido de perceber que tipo de produtos estão a ser aplicados nesta operação, tendo em conta que se tratam de espaços públicos, verificando que apenas a Ribeira Grande se prontificou a apresentar a composição química do desinfetante e a respetiva ficha de segurança.

Leia a reportagem na íntegra na edição de sábado, 4 de abril, do Açoriano Oriental

PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.