Açoriano Oriental
Óbito/Laura Ferreira
António Costa destaca "enorme demonstração de perseverança e resiliência"

O primeiro-ministro, António Costa, destacou esta terça feira a "enorme demonstração de perseverança e resiliência" de Laura Ferreira, que morreu esta noite, em Lisboa, e enviou "sinceras condolências" ao ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho.

article.title

Foto: ANDRÉ KOSTERS/LUSA
Autor: AO Online/ Lusa

Através da sua conta oficial na rede social Twitter, o chefe de Governo assinalou que "todo o país acompanhou, solidário, o combate que Laura Ferreira travou contra a doença e a sua enorme demonstração de perseverança e resiliência" .

"Neste momento de dor, em que se despede da sua mulher, quero expressar a Pedro Passos Coelho as minhas sinceras condolências", acrescenta.

A mulher do ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, Laura Ferreira, morreu hoje, vítima de doença prolongada, confirmou à agência Lusa fonte oficial do PSD.

Laura Ferreira, de 54 anos, estava internada no Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa, onde morreu.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, numa mensagem publicada no 'site' oficial, também já tinha dirigido as “mais sentidas e amigas condolências” ao ex-primeiro-ministro, salientando que Laura Ferreira “deixou um traço de humanidade e serviço comunitário na sociedade portuguesa”.

O PSD disse igualmente ter recebido “com grande consternação” a notícia da morte de Laura Ferreira, mulher do ex-primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, salientando que era uma “figura muito acarinhada” e que “deixa saudades”.

O Sport Lisboa e Benfica e o presidente do clube, Luís Filipe Vieira, também expressaram "o sentimento de profundo pesar e solidariedade" a Pedro Passos Coelho, pela morte de sua mulher, em mensagem publicada no 'site' do clube.

De igual modo, o Sporting Clube de Portugal lamentou a morte de Laura Ferreira, numa nota de pesar.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.