Alexandre Gaudêncio reivindica requalificação urgente do porto de Santa Iria

Alexandre Gaudêncio reivindica requalificação urgente do porto de Santa Iria

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   6 de Ago de 2019, 12:00

A requalificação do porto de Santa Iria, na freguesia da Ribeirinha, é uma das “preocupações atuais que urge resolver com a máxima brevidade possível”, salientou Alexandre Gaudêncio, presidente da Câmara da Ribeira Grande que presidiu à sessão solene comemorativa do 71.º aniversário de elevação da Ribeirinha a freguesia.

Citado em nota de imprensa, o autarca referiu que a Câmara da Ribeira Grande "está do lado da freguesia nesta luta. O porto de Santa Iria tem um enorme potencial paisagístico e turístico que importa preservar. Esta visão já foi partilhada por quem de direito, ao longo de mais uma década, já se ouviram muitas promessas, mas a obra de revitalização do porto continua por realizar”.


Na ocasião, Alexandre Gaudêncio vincou o bom entendimento existente entre a autarquia e a junta de freguesia. “Gostaria de ressalvar que tem havido grande sintonia entre a Câmara e a junta de freguesia e desde que tomamos posse pela primeira vez, em 2013, que temos olhado para a Ribeirinha com outros olhos".


Por outro lado, destacou alguns investimentos realizados, nomeadamente a "rede viária – como é o caso da nova rua padre Lucindo da Graça – investimos no saneamento básico e estamos a requalificar o antigo campo de jogos para que possa ser adaptado a uma zona de lazer à semelhança da de Santa Bárbara”, elencou.


Para além disso, acrescentou, “apoiamos a junta, em parceria com o governo regional, na requalificação do edifício da nova sede e vamos avançar, ainda este ano, com a construção de uma cozinha comunitária na rua do Jogo. Mas não queremos ficar por aqui. Mais investimentos estão em desenvolvimento para uma freguesia que durante largos anos esteve esquecida.”

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.