Médio Oriente

Activista palestiniano morto em raid aéreo israelita


 

Lusa/AOonline   Internacional   6 de Nov de 2008, 10:45

Um activista palestiniano foi morto quarta-feira à noite durante um raid aéreo israelita na Faixa de Gaza, após novos tiros de foguetes contra Israel, referiu fonte médica palestiniana e militar israelita.
Ghassan el-Taramse, 19 anos, membro das brigadas Al-Qods, braço armado do movimento radical Jihad Islâmica, foi morto no norte da Faixa de Gaza por um disparo de um míssil ar-terra, indicaram as mesmas fontes.

    Um porta-voz militar israelita confirmou o ataque, indicando que “visava um grupo que tinha acabado de disparar foguetes contra Israel”.

    Desde terça-feira noite, sete activistas palestinianos foram mortos em operações militares israelitas na Faixa de Gaza, provocando em resposta o disparo de mais de 50 foguetes contra o sul de Israel, na mais grave escalada de violência desde a instauração de uma trégua em Junho.

    Pelo menos 546 pessoas, quase todas palestinianas (maioritariamente membros de grupos armados), foram mortas desde a reactivação das negociações de paz israelo-palestinianas no final de Novembro de 2007, durante a conferência internacional de Annapolis, nos Estados Unidos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.