São Jorge

Aberto inquérito para apurar causas de incidente

Aberto inquérito para apurar causas de incidente

 

Lusa / AO online   Regional   16 de Nov de 2007, 09:52

A Força Aérea (FA) abriu já um inquérito para apurar as causas do incidente com um helicóptero quinta-feira à noite no aeródromo em São Jorge, Açores, que provocou cinco feridos, disse à Lusa o porta-voz da instituição.
"Foi já aberto um inquérito", disse à Lusa o tenente-coronel António Seabra, explicando que durante as operações de embarque de uma mulher grávida quinta-feira cerca das 21:30, "numa manobra inesperada e súbita, o helicóptero terá levantado cerca de um metro", provocando ferimentos em cinco pessoas.

O responsável afirmou tratar-se de um incidente "inédito" de que "não há precedentes na FA", adiantando que o piloto do helicóptero "é muito experimentado" e conseguiu resolver a situação com "o mínimo de prejuízos possível".

Segundo um comunicado do Hospital de Angra do Heroísmo, na ilha Terceira, no incidente ficaram feridos dois bombeiros, uma enfermeira do Centro de Saúde das Velas, São Jorge, uma enfermeira e a médica obstreta, esta com alguma gravidade que obrigou ao seu internamento para observações.

O comunicado da unidade hospitalar adianta que a mulher grávida se encontra estável, enquanto o acompanhante e a enfermeira da unidade de evacuações aéreas já tiveram alta.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.