Afeganistão

Abdullah afasta qualquer acordo político com Karzai


 

Lusa / AO online   Internacional   21 de Out de 2009, 18:05

O candidato presidencial afegão Abdullah Abdullah afirmou que a segunda volta das presidenciais a 7 de Novembro é "o único cenário" e afastou a hipótese de um acordo político com o adversário, o Presidente cessante Hamid Karzai.
"No que diz respeito à segunda volta, o meu único desejo é que ela se realize em boas condições, tanto no plano da segurança como da transparência", declarou Abdullah numa conferência de imprensa.

"Eu não estou a sofrer pressões da comunidade internacional para me conformar com um cenário (…) Neste momento, é o único cenário", afirmou, numa reacção à possibilidade avançada por alguns diplomatas de que um acordo político entre os dois adversários pudesse tornar inútil a segunda volta.

A primeira volta das presidenciais do Afeganistão, a 20 de Agosto, ficou marcada pela fraca participação e por fraudes em grande escala.

Depois de o secretário-geral da ONU ter anunciado a substituição de 200 escrutinadores envolvidos nas irregularidades da primeira volta, o chefe da missão da ONU no país, Kai Eide, advertiu hoje que "a segunda volta não vai ser perfeita".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.