Xangai vai ter uma Disneylandia

Xangai vai ter uma Disneylandia

 

Lusa/AO Online   Internacional   4 de Nov de 2009, 11:36

A maior e mais cosmopolita cidade chinesa, Xangai, vai construir uma Disneylandia, anunciou hoje o governo municipal.

O empreendimento, orçado em 25.000 milhões de yuan (2.500 milhões de euros), foi aprovado pelo Governo central chinês, e irá ocupar uma zona de sete quilómetros quadrados na zona de Pudong, na margem oriental do rio que atravessa Xangai, disse um porta-voz da administração de Pudong.

A primeira fase da construção deverá estar concluída “dentro de cinco anos” e várias grandes companhias estatais de Xangai vão criar uma empresa mista com a Walt Disney Co para “investirem no projecto”, disse a mesma fonte.

“A China é um dos mais dinâmicos, excitantes e importantes países do mundo e esta aprovação constitui um marco muito significativo para a Walt Disney Company”, disse o presidente da multinacional norte-americana, Robert A. Iger.

Será a quarta Disneylandia fora dos Estados Unidos, depois da abertura dos parques de Tóquio (1983), Paris (1992) e Hong Kong (2005).

O anúncio da aprovação da Disneylandia em Xangai ocorreu menos de duas semanas antes da primeira visita à China do presidente norte-americano, Barack Obama.

A visita de Obama começará, aliás, por Xangai, no dia 15 de Novembro.

Capital económica da China, situada no delta do grande rio Yangtze, Xangai tem cerca de vinte milhões de habitantes.

Xangai vai acolher no próximo ano a Expo 2010, dedicada ao tema “Melhor Cidade, Melhor Qualidade de Vida”.

É o maior acontecimento internacional organizado pela China depois dos Jogos Olímpicos de Pequim, no verão de 2008, com a participação já confirmada de mais de 200 países e instituições, entre os quais Portugal, Brasil e Angola.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.