Alemanha

Vírus da gripe detectado na Alemanha

Vírus da gripe detectado na Alemanha

 

Lusa/AOonline   Internacional   10 de Out de 2008, 11:24

O vírus da gripe das aves voltou a ser detectado na Alemanha, desta vez num pato de uma exploração de Goerlitz (Saxónia), onde as autoridades sanitárias mandaram entretanto abater 1400 animais, entre os quais 700 gansos.
Em redor da empresa foi montado um cordão sanitário, depois de o Instituto Friedrich Loeffler, laboratório de referência para estes casos, ter constatado a existência da estirpe H5N1 do referido vírus.

    O pato contaminado tinha sido sujeito a um exame de rotina, com mais 150 aves e não apresentava quaisquer sinais de doença.

    O mesmo laboratório estava ainda a examinar se o vírus detectado é ou não a variante mais perigosa do H5N1, que pode também infectar seres humanos.

    O vírus da gripe das aves tinha surgido pela última vez na Alemanha em finais de 2006, na região de Brandenburgo, em sete aves selvagens. Na Saxónia, foi detectado pela última vez em 2006, num aviário local.

    Os cientistas receiam que o agressivo vírus H5N1 sofra mutações e se torne transmissível entre seres humanos, causando uma pandemia.

    Segundo a organização Mundial de Saúde, já morreram mais de 20 pessoas em todo o mundo, sobretudo na Ásia, que foram infectadas por animais com o vírus da gripe das aves.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.