Venezuela quer ingressar plenamente no Mercosul

Venezuela quer ingressar plenamente no Mercosul

 

Lusa / AO online   Internacional   24 de Set de 2007, 10:20

O presidente venezuelano reiterou domingo o desejo de Caracas "de ingressar plenamente no Mercosul", união aduaneira que une 5 países da América do Sul, e acusou os Estados Unidos de quererem afastar a Venezuela do Brasil.
"Observem como circulam as mentiras pelo Brasil", disse Hugo Chávez no espaço radiofónico e televisivo "Alô Presidente”, referindo que, durante a sua recente deslocação ao Brasil, não disse “nem um pio” mas "a imprensa do Brasil alegou que Chávez arremeteu contra o Congresso".

"É absolutamente falso que tenha ido a Manaus questionar o governo, o senado ou o congresso, nem as instituições do Brasil. Fui fazer um reconhecimento e ratificar a vontade que temos em unir-nos ao Brasil", disse.

“Em Manaus nem sequer falei do Congresso do Brasil, é a mão do império [norte-americano] que mexe os seus mecanismos através da imprensa que é a principal arma que tem o imperialismo para evitar a união entre nós [Venezuela e Brasil]", acrescentou.

"Reitero o que disse a Lula [da Silva], no fim da reunião: A Venezuela ratifica a sua aspiração de ingressar plenamente no Mercosul e espera a decisão dos congressos de Brasil e do Paraguai", insistiu Chávez.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.