Universidades de Portugal e EUA arrancam com programa sobre Estudos Portugueses


 

Lusa/AO online   Nacional   11 de Nov de 2013, 14:22

A primeira pós-graduação internacional sobre Estudos Portugueses, resultante de uma parceria entre a Universidade Aberta de Portugal e a Lesley University dos Estados Unidos, vai arrancar em janeiro do próximo ano.

O programa Portuguese Global Studies (Estudos Globais Portugueses) destina-se a “preparar melhor” os profissionais que pretendem “trabalhar e interagir com diversas comunidades de herança portuguesa nos Estados Unidos e noutros países do mundo”, lê-se na apresentação que consta na página oficial da Lesley University, instituição privada localizada em Cambridge, no estado de Massachusetts.

Aberto a profissionais de todas as áreas, a pós-graduação vai refletir sobre “os contributos portugueses para as Humanidades, a História, a Política, a Literatura, as Artes e a Educação”, adianta a universidade americana.

Segundo um comunicado da Universidade Aberta, o programa, patrocinado pela Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, terá duração de um ano e as aulas serão lecionadas em inglês e português.

A Universidade Aberta adotará o regime de e-learning e coordenará o estágio, com duração de uma semana, em Portugal, enquanto a Lesley University oferecerá dois fins de semana de sessões presenciais no campus de Cambridge.

Os créditos concedidos pelo programa – 15 nos EUA, 25 na Europa – são reconhecidos pelas duas instituições, que emitirão um certificado conjunto.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.