Turismo religioso já não avança no Santuário e Convento

Turismo religioso já não avança no Santuário e Convento

 

Paulo Faustino   Regional   1 de Ago de 2019, 09:13

Promoção do turismo religioso associado ao culto do ‘Ecce Homo’ cai por terra com o atual projeto - já entregue na CMPD - respeitante às obras de reabilitação do Convento da Esperança e do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres

O atual projeto respeitante às obras de reabilitação total do Convento da Esperança e do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres abandonou a ideia de promoção do turismo religioso associado ao culto do ‘Ecce Homo’.

O projeto, globalmente orçado em 8 milhões de euros, deu entrada sexta-feira passada na Câmara Municipal de Ponta Delgada (CMPD) tendo em vista o licenciamento, esperando-se que as obras arranquem em 2020 e sejam executadas num prazo de dois anos.


Ler mais na edição desta quinta-feira, 01 agosto 2019, do jornal Açoriano Oriental



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.