TMN lança tarifário sem carregamentos obrigatórios na banda larga


 

Lusa / AO Online   Economia   22 de Ago de 2008, 06:57

A TMN lançou hoje o seu primeiro tarifário pré-pago no serviço de banda larga móvel, destinado a consumidores que pretendam aceder à Internet de forma esporádica e sem carregamentos obrigatórios.
    "É um serviço que complementa a Internet fixa e que é excelente para utilização esporádica, porque não tem carregamentos obrigatórios e é fácil de utilizar", disse à Agência Lusa fonte da administração da operadora móvel do grupo Portugal Telecom.

    O objectivo da TMN é utilizar na banda larga móvel o mesmo conceito dos tarifários pré-pagos dos serviços de voz móvel, que nos últimos anos permitiram fazer de Portugal um dos países europeus com mais telemóveis por habitante.

    "Os portugueses adoram novas tecnologias, em especial equipamentos que lhes garantam mobilidade", acrescentou o responsável, frisando que o novo tarifário pré-pago vai "contribuir para aumentar ainda mais a popularidade da banda larga móvel em Portugal".

    O público alvo do novo serviço são "pessoas com forte mobilidade, que poderão ter Internet fixa mas que, por exemplo, precisam de ter acesso à banda larga em viagens de trabalho ou de férias", acrescentou a mesma fonte.

    O cliente poderá escolher entre dois tarifários pré-pagos, um válido para 10 dias, que custa 10 euros, ou outro que vale para 30 dias e custa 30 euros, sendo que, para ambos os tarifários, a velocidade de navegação máxima será de 512 kbps.

    Em ambos os casos, não existem carregamentos obrigatórios e o limite de navegação é de 300 megabytes no primeiro tarifário e de 900 megabytes no segundo. Excedidos estes limites, o cliente deverá recarregar o cartão, se desejar.

    O segmento da banda larga móvel é um dos que apresentam maior potencial de crescimento no mercado das telecomunicações português, tendo nos últimos meses gozado de um forte impulso devido à criação do programa e-Escolas.

    Este programa permite aos estudantes e professores do ensino secundário comprarem computadores portáteis e aceder à Internet a preços mais baixos que os normalmente praticados.

    Neste contexto, a TMN, a Vodafone e a Optimus têm apostado fortemente na banda larga móvel. A Vodafone também anunciou hoje o lançamento de um tarifário pré-pago na banda larga móvel.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.