Hóquei em Patins

Sporting na ‘final four’ da Taça de Portugal ao vencer FC Porto por 8-7


 

AO Online/ Lusa   Hóquei em Patins   5 de Mai de 2019, 17:12

O Sporting recebeu e venceu este sábado o FC Porto, por 8-7, após prolongamento, em jogo dos quartos de final da Taça de Portugal em hóquei em patins, e apurou-se para a 'final four' da competição.

Telmo Pinto e Hélder Nunes marcaram os primeiros golos para o FC Porto, aos 20 e 21 minutos, Toni Pèrez reduziu para o Sporting no mesmo minuto. No segundo tempo, Hélder Nunes (35) ampliou a vantagem, Ferran Font (40) reduziu para 3-2, mas o capitão dos 'dragões' voltou a marcar de imediato. Raúl Marín e Matías Platero, ambos aos 41 minutos, empataram a partida a 4-4.

Gonçalo Alves (43) e Hélder Nunes (44) colocaram o resultado favorável para o conjunto portista, mas Toni Pèrez (45) e Raúl Marin (50) levaram a partida para prolongamento. Aí, Hélder Nunes (51) meteu o FC Porto em vantagem, mas Matías Platero (54) e Raúl Marin (56) deram a vitória ao Sporting.

Com esta vitória, os 'leões' apuram-se para a 'final four' da Taça de Portugal e juntam-se a Benfica, Oliveirense e Riba d'Ave, que venceram os respetivos encontros.

Num jogo entre duas equipas que se conhecem bem e que se conseguiram anular mutuamente nos primeiros 20 minutos, os primeiros golos surgiram nessa altura para o FC Porto, primeiro por Telmo Pinto e depois pelo capitão Hélder Nunes.

O Sporting reagiu de imediato à desvantagem, com Toni Pèrez a reduzir na jogada seguinte, após grande confusão perto da baliza de Nélson Filipe, que foi admoestado com cartão azul devido a protestos.

No segundo período, a formação 'azul e branca' ampliou a vantagem, através de livre direto cobrado por Hélder Nunes, mas os 'leões' não despegavam e Ferran Font reduziu da mesma forma.

Os livres diretos iam aparecendo e com eles vieram os golos, com Hélder Nunes a apontar o terceiro na conta pessoal e a colocar o resultado em 4-2, embora Raúl Marin tenha de imediato reduzido para 4-3, ao beneficiar de uma penalidade.

O Sporting chegou à igualdade por Matías Platero, numa recarga após remate de Caio, mas Gonçalo Alves e, de novo, Hélder Nunes, com um forte remate sem hipóteses para Ângelo Girão, colocaram mais uma vez os 'dragões' com uma vantagem de dois golos na partida.

A formação 'leonina' nunca deixou de acreditar e empatou o encontro nos instantes finais, através de Toni Pèrez e Raúl Marin, com o último a faturar a poucos segundos do fim e a levar o jogo a prolongamento.

A partida estava ao 'rubro' e ficou pautada pelo equilíbrio, e nem o golo dos 'dragões' a abrir o prolongamento, o quinto no jogo de Hélder Nunes, impediu a festa 'leonina', que venceu graças a golos de Matías Platero e de Raúl Marin, que colocaram pela primeira vez o Sporting em vantagem no encontro e que foram determinantes para a vitória sportinguista.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.