Sporting goleia Fabril e conquista oitava Supertaça de futsal


 

AO Online/ Lusa   Outras modalidades   8 de Set de 2018, 20:24

O Sporting, campeão nacional de futsal, conquistou este sábado a oitava Supertaça da sua história, ao golear por 11-0 o Fabril, finalista vencido da última edição da Taça de Portugal, em jogo disputado em Loulé.

Os ‘leões', tricampeões nacionais e detentores da Taça, construíram o triunfo nos primeiros 10 minutos, quando chegaram ao 6-0, e depois relaxaram, aumentando a vantagem num segundo tempo de ‘serviços mínimos'.

Com João Benedito, ex-guarda-redes de futsal do Sporting e candidato à presidência, em dia de eleições no clube, a assistir na bancada, a equipa de Nuno Dias entrou em jogo disposta a resolver a questão em poucos minutos.

A diferença qualitativa entre as duas equipas - o Fabril foi despromovido ao segundo escalão no final da temporada passada e renovou o plantel, tendo estado em dúvida a continuidade da secção - foi nítida desde os segundos iniciais.

O guarda-redes Fábio Filipe ainda impediu o golo, com várias defesas consecutivas nos primeiros minutos, mas Cavinato abriu o marcador aos três minutos, com um golo à boca da baliza.

A pressão ‘leonina' provocava perdas de bola consecutivas, com o Fabril incapaz de criar um lance ofensivo e o Sporting a construir jogadas que redundavam em golos fáceis e concluídos sem oposição.

Dieguinho (cinco e sete minutos) e Merlim (nove e 10, o segundo de livre direto) ‘bisaram' e Varela também marcou pelo meio (seis), com os ‘leões’ a construírem uma vantagem que lhes permitiu ‘tirar o pé do acelerador' e relaxar até ao intervalo.

O Fabril só incomodou o guarda-redes ‘leonino’ à beira do intervalo - Serginho rematou para defesa de Gonçalo - e no início da segunda parte, em duas ocasiões de Fortes (24 e 28 minutos).

Aos 29 minutos, o Sporting, a jogar em ‘serviços mínimos' no segundo tempo, chegou ao sétimo golo, o segundo de Cavinato na partida, acabando por alargar a vantagem nos minutos seguintes.

Dani marcou o seu primeiro golo (30), Merlim fez o ‘hat-trick' (32), Pany Varela ‘bisou' (40) e Pedro Cary, natural de Loulé, também festejou com um golo em ‘casa' (40), selando o 11-0 final.

Ao conquistar a oitava Supertaça, segunda consecutiva, em 12 presenças, o Sporting igualou o rival Benfica no quadro de vencedores da competição.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.