Liga Portuguesa de Futebol

Sporting de Braga empata frente ao Boavista

Sporting de Braga empata frente ao Boavista

 

Lusa/AO   Futebol   23 de Dez de 2007, 21:04

O Boavista conquistou um precioso ponto em Braga, em jogo da 14ª jornada da Liga de futebol
O Boavista conquistou um precioso ponto em Braga, em jogo da 14ª jornada da Liga de futebol, e igualou o Estrela da Amadora na 13ª posição da prova, impedindo o Sporting de Braga de subir ao quinto posto.
Numa noite de desacerto do regressado ponta-de-lança João Tomás, que nos últimos minutos perdeu duas situações de "baliza aberta", o Boavista defendeu-se como pôde e acabou por conseguir os seus objectivos, frente a um Braga europeu que não acusou muito esse desgaste do jogo da passada quarta-feira, podendo apenas queixar-se da má finalização dos seus avançados.
No último jogo da Liga no ano de 2007, o Boavista entrou atrevido nos primeiros 10 minutos, que foram passados praticamente no meio-campo "arsenalista", embora a equipa do Bessa não tenha, nesse período, construído qualquer lance de real perigo para a baliza de Paulo Santos.
Porém, à passagem do primeiro quarto de hora, o Braga apareceu em campo, pegou no jogo e, beneficiando de uma noite fantástica do lateral direito João Pereira, que defendia bem e atacava melhor, começou a pressionar e a construir lances para golo.
Rissut, aos 19 minutos, de fora da área, tentou a sua sorte, com um remate sobre a barra, mas, aos 21 minutos, Peter Jehle foi obrigado a uma grande intervenção para evitar que o Braga inaugurasse o marcador. 
Perante um Boavista agora muito mais intranquilo e a sentir dificuldades para travar o futebol ofensivo do adversário, a sorte voltou a não estar com o Braga aos 38 minutos, quando Vandinho, primeiro, e Linz, depois, após novo cruzamento de João Pereira, falharam o que parecia ser golo certo.
A segunda parte iniciou-se praticamente como a primeira, com a equipa de Jaime Pacheco a tentar surpreender o Braga, mas durou pouco, não conseguindo mais que um remate de Fary, ao lado da baliza.
A "pensar" no quinto lugar da Liga, o Braga voltou então a acelarar e passou a dominar de novo o jogo e, aos 53 minutos, Linz, à boca da baliza, não conseguiu emendar um remate de Frechaut.
O jogo e as equipas não ganharam muito com as substituições operadas entretanto pelos treinadores, até à entrada de João Tomás, que estava ausente da competição desde finais de Outubro.
João Tomás tornou-se, em pouco mais de 10 minutos em campo, numa das figuras do jogo, pela negativa, ao falhar duas situações claras de golo na fase final.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.