Taça de Portugal

Santa Clara confiante promete jogar ao ataque com o Marítimo

Santa Clara confiante promete jogar ao ataque com o Marítimo

 

Susete Rodrigues   Futebol   17 de Out de 2009, 23:03

O Santa Clara recebe este domingo, a partir das 15h00, a formação do Marítimo, em jogo da III Eliminatória da Taça de Portugal

Para este encontro, Vítor Pereira e todo o seu grupo de trabalho, estão confiantes e motivados por levar de vencida a equipa da Madeira e passar à fase seguinte.
Sendo o Marítimo uma equipa do escalão principal do futebol, não assusta os encarnados de Ponta Delgada.
Pelo contrário, de acordo com o técnico, se o Santa Clara quer subir de divisão - como já assumiu - tem mesmo é que jogar com equipas deste escalão.
“Acredito num Santa Clara fiel à sua identidade e que os jogadores aproveitam a oportunidade – e espero também aproveitar – para provarmos a qualidade do nosso trabalho e se de facto queremos estar numa 1ª Liga é com equipas de 1ª Liga que teremos que medir forças”, afirmou Vítor Pereira em conferência de imprensa de antevisão do jogo desta tarde.
Questionado se iria mudar algo no seu esquema de jogo, o técnico sublinha que “não se pode numa semana fazer marcha atrás no trabalho que se tem vindo a fazer até aqui”, bem como “não vejo um Santa Clara a fechar-se atrás e à procura do erro porque nunca trabalhei isso e os meus jogadores não estão preparados para isso”.
Por isso e após uma semana de trabalho  “tranquilo e dentro do normal” e também depois de ter observado o adversário de hoje, Vítor Pereira diz, referindo-se ao Marítimo que “é um engano a sua classificação (7ª da Liga Sagres), é uma equipa que está bem trabalhada, com jogadores de qualidade”.
Mas o Santa Clara tem os “seus argumentos, temos vindo a crescer, temos vindo a assumir um jogo positivo e com qualidade e, por isso, estamos confiantes, o treinador está confiante e os jogadores também têm que estar confiantes, em proporcionar um bom espectáculo e lutar pela eliminatória”, disse.
De regresso à análise do adversário de hoje, Vítor Pereira acrescenta ainda que o Marítimo tem jogadores de “grande qualidade, que estão nesta liga há muitos anos e alguns jogadores muito rápidos”.
“O Marítimo tem um tipo de jogo em que gosta de dar iniciativa e tem jogadores muito perigosos na frente”, frisou, alegando que também a sua equipa tem as suas armas para combater esse ataque rápido que a formação da Madeira tem hábito de impor nos jogos. O treinador do Santa Clara afirmou ainda que Carlos Carvalhal fez um bom trabalho, e que o facto de Mitchell Van der Gaag, que está actualmente a treinar o Marítimo, e que hoje não poderá sentar-se no banco, não irá condicionar”.
Para Vítor Pereira o melhor jogo que a sua equipa fez até ao momento foi o último para o campeonato – na Póvoa de Varzim - “fizemos um jogo de grande qualidade, com muita intensidade e é este o Santa Clara que quero ver, o Santa Clara do jogo da Naval, do Carregado, do Varzim que estou à espera no domingo (hoje)”.
Para este jogo, o técnico doSanta Clara convocou 18 jogadores, sendo que não pode contar com as prestações de Renan Marques e Tó Miguel, ambos lesionados.
O encontro, no Estádio de São Miguel, é dirigido por Hugo Miguel de Lisboa.

Lista dos convocados
Guarda-redes: Matt Jones e João Botelho.
Defesas: João Dias, Danilo Rocha, Gonçalo, Stopira, Nuno Sociedade e Hernâni.
Médios: Danilo, Gabi, Neto, Oliveira e Ruy Netto.
Avançados: Fofana, Lico, Nuno Santos, Rincón e Leandro Tatu. ||


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.