Rali do Dubai

Ruben Faria cai um lugar para a oitava posição


 

Lusa / AO online   Motores   31 de Out de 2007, 16:29

O "motard" português Ruben Faria (KTM) desceu esta quarta-feira uma posição, para oitavo, na classificação do Rali do Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, depois de ter terminado em oitavo a terceira etapa.
Um erro de navegação e uma ligeira queda fizeram o recente vencedor do Rali de Marrocos perder muito tempo na primeira parte cronometrada da etapa. Após o reabastecimento, o luso recuperou o ritmo, a tempo de ultrapassar cinco adversários até ao oitavo posto.
"É um rali muito mais duro do que esperávamos. Hoje o meu problema foi ter cometido um erro de navegação na primeira parte da prova, que me levou a perder muito tempo. Além disso, tive uma pequena queda, sem importância para mim a não ser ter ficado bastante arreliado", disse, no final.
 Após o reabastecimento, tudo correu melhor ao algarvio: "Como senti que a moto estava um pouco melhor, andei mais rápido e comecei a apanhar os pilotos que me tinham passado quando tive problemas. Continuo num ritmo rápido, mas os pilotos oficiais estão num ritmo diabólico. Não posso cometer erros, que são fatais na perda de tempo, e, por consequência, de posições na classificação".
Ruben Faria considera que "esta prova está a ser um excelente teste para preparar a moto para o Dacar e, por isso, a oportunidade está a ser aproveitada o melhor possível"
"Chegar ao fim, ter a moto bem estudada e melhorar substancialmente na navegação" são os principais objectivos do piloto da Lagos Team no Rali do Dubai.
Marc Coma (KTM) venceu a etapa com 3:58.41 horas, 15.16 minutos mais rápido que Ruben Faria. Na geral, o espanhol comanda com 11:51.02 horas, enquanto o português segue em oitavo a 47.33 minutos.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.