Coletes Amarelos

Rio diz que protesto foi “um fracasso”, mas também “um aviso” aos partidos tradicionais

Rio diz que protesto foi “um fracasso”, mas também “um aviso” aos partidos tradicionais

 

Lusa/Ao online   Nacional   22 de Dez de 2018, 03:39

O presidente do PSD, Rui Rio, classificou esta sexta feira o protesto dos “coletes amarelos” como um fracasso, mas também como “um aviso”, defendendo que os partidos tradicionais têm de perceber a necessidade de mudar e atacar os “problemas estruturais”.

Numa publicação ao final da tarde na sua conta oficial da rede social Twitter, Rui Rio escreveu que “a manifestação dos ‘coletes amarelos’ foi um fracasso, mas não deixa de ser um aviso”.

“É bom que os partidos tradicionais percebam que temos de mudar; ignorar mais o mediaticamente correto, trocar mais a hipocrisia pela coragem, e ir mais ao encontro dos nossos problemas estruturais”, escreveu.

A publicação é acompanhada de uma fotografia do protesto original em França, mas aparentemente retirada de um manifestante português, uma vez que nela se lê “21 de dezembro às 7h vamos parar Portugal”.

A manifestação dos "coletes amarelos" teve hoje de manhã uma fraca adesão, mas provocou alguns condicionamentos de trânsito, tendo a polícia identificado 12 pessoas, no Porto e em Coimbra, e detido três manifestantes em Lisboa, na sequência de desacatos.

Os protestos dos "coletes amarelos" em Portugal foram convocados por vários grupos através das redes sociais, com inspiração nos movimentos contestatários das últimas semanas em França.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.