OE2019:

Rio diz que parlamento vai votar défice de 0,5% e não 0,2%

Rio diz que parlamento vai votar défice de 0,5% e não 0,2%

 

Lusa/Ao online   Nacional   28 de Out de 2018, 20:40

O presidente do PSD, Rui Rio, disse este domingo que se os mapas orçamentais ou a lei não mudarem, a Assembleia da República votará um défice de 0,5% do PIB para 2019, indicador "pior do que em 2018".

"Se os mapas não mudarem, se a lei não mudar, aquilo que a Assembleia vai aprovar é um défice de 975 milhões de euros, 0,5% do PIB [Produto Interno Bruto], pior do que em 2018, e não aquilo que em termos propagandísticos o PS tem vindo a dizer", disse o chefe dos sociais-democratas.

Falando nos Açores, à margem do XXIII congresso regional do partido, Rio reiterou que os 0,2% do PIB referidos pelo Governo e pelo PS - que dão um défice de 385 milhões de euros - estão presentes no relatório do Orçamento, "documento não votado" pelos deputados.

"Esse défice pode ser um conceito novo, o défice intencional, mas não é o défice aprovado na Assembleia", sinalizou o social-democrata.

Falando perante algumas centenas de militantes do PSD nos Açores, Rui Rio criticou ainda a "carga fiscal" do atual Governo, dizendo que "basta de impostos".

Recentemente, Rio havia já definido como "inadmissível" a diferença de valores do défice apresentados na proposta de Orçamento do Estado para 2019 (OE2019) e no relatório da Unidade Técnica de Apoio Orçamental.




Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.