Revisores da CP-Lisboa chegam a acordo com empresa e desconvocam greve


 

Lusa/AO Online   Economia   4 de Nov de 2009, 17:59

O Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Sector Ferroviário (SNTSF) decidiu hoje desconvocar a greve de revisores da CP - Lisboa, prevista para quinta-feira, depois de ter chegado a um acordo com a administração da transportadora.

Em comunicado, o SNTSF refere que o acordo foi alcançado esta tarde, depois de uma reunião com o presidente da CP - Comboios de Portugal, Cardoso dos Reis.

"Perante a greve marcada [para quinta-feira], o presidente da CP convocou uma reunião para hoje, às 14:30, na qual se obteve um acordo que dá respostas ao essencial das questões que motivaram a marcação da luta", lê-se no comunicado.

Segundo o sindicato, o acordo alcançado hoje determina que os trabalhadores de revisão e venda "com contratos a prazo que estão em acção de formação ingressarão no quadro de efectivos da CP" e que "não haverá substituição de trabalhadores da revisão por segurança".

O acordo estabelece também que "as funções de revisão nas portas e nos comboios são da exclusiva responsabilidade dos operadores de revisão e venda" e que "a presença dos seguranças é temporária e visa garantir a assistência presencial e encaminhamento das pessoas e não exercer as funções de revisão".

O sindicato salienta que este acordo foi conseguido devido à "clara vontade manifestada pelos trabalhadores da revisão da CP - Lisboa, em defenderem a lei, a contratação colectiva e não aceitarem a sua substituição por trabalhadores estranhos à CP".


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.