Açoriano Oriental
Covid-19
Representante da República apela ao "sentido cívico" dos açorianos

O Representante da República nos Açores, Pedro Catarino, apelou à "serenidade e sentido cívico" dos açorianos no enfrentar da pandemia da Covid-19, depois de decretado o estado de emergência em todo o país.

article.title

Foto: RRA
Autor: Lusa/AO Online

"Numa fase particularmente difícil para todos, em que a vida comunitária irá sofrer sérias restrições", o Representante da República para a região apela à "serenidade e sentido cívico de todos os açorianos", acreditando que, "com o contributo de todos, se irão ultrapassar os dias difíceis" de agora.

Em texto enviado à imprensa, o gabinete de Pedro Catarino lembra que compete ao Representante da República assegurar, nos termos da lei, a execução da declaração de emergência no território da região, em "estreita cooperação" com o Governo Regional.

"O Representante da República garante a rápida mobilização dos serviços do Estado na região, para o cumprimento das medidas decretadas a nível nacional. Da mesma forma, reconhecendo o papel primordial do Governo Regional e das autoridades civis dele dependentes na execução da declaração do estado de emergência, o Representante da República assegura ainda a cooperação das Forças Armadas e das forças de segurança na implementação das medidas decididas pelos órgãos de governo próprio da região", prossegue a nota.

O gabinete do Representante da República diz ainda que este tem mantido contactos com a presidente da Assembleia Legislativa dos Açores, Ana Luís, com o presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, bem como "com os Comandos das Forças Armadas e das forças de segurança e outros serviços do Estado".

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.