Açoriano Oriental
PSD quer esclarecimentos sobre "obra inacabada" do Centro de Saúde das Velas

O PSD/Açores solicitou junto da tutela a presença do diretor das Obras Públicas em São Jorge para "um ponto da situação" da "obra inacabada" do Centro de Saúde de Velas, “mais uma pesada herança" do anterior executivo do PS.

PSD quer esclarecimentos sobre "obra inacabada" do Centro de Saúde das Velas

Autor: AO Online/ Lusa

O pedido foi solicitado pelo deputado do PSD/Açores Paulo Silveira, eleito pela ilha de São Jorge que "numa mensagem enviada à Secretária Regional das Obras Públicas e Comunicações", alerta que a suspensão da obra em causa constitui “mais uma pesada herança deixada pelo governo socialista”, pelo que é agora necessário “iniciar a procura de soluções que corrijam um problema que outros criaram”

Segundo o PSD/Açores, numa nota enviada hoje às redações, a tutela já transmitiu ao parlamentar que "o Diretor Regional das Obras Públicas e dos Transportes Terrestres se deslocará à ilha de São Jorge", na próxima semana, nomeadamente nos dias "13 e 14 de janeiro".

O governante irá reunir-se "com diversas entidades para fazer o ponto da situação da obra de reabilitação do Centro de Saúde" e "iniciar a recolha de contributos com vista à procura de uma solução", adianta a nota do PSD.

“O governo do Partido Socialista conseguiu fazer aquilo que ninguém julgava possível: deixar o Centro de Saúde de Velas em piores condições do que estava antes do início da obra”, sublinhou o deputado social-democrata.

Segundo Paulo Silveira, “exige-se uma avaliação cuidada da situação, para que não se repitam os erros do passado e a população do concelho de Velas possa vir a ter um Centro de Saúde funcional”.

O deputado sublinha que é preciso "ter consciência" que a situação referente à empreitada do Centro de Saúde das Velas "não se resolverá de um dia para o outro", pois "exige uma avaliação rigorosa do enorme problema deixado pelo governo socialista", mas defende que esse trabalho de "análise dos constrangimentos da obra deve iniciar-se a breve prazo”.

O CDS-PP/Açores tinha também questionado na quinta-feira o executivo regional, que integra os centristas, sobre a empreitada do Centro de Saúde das Velas, alertando para os “constrangimentos verificados ao nível da obra”.

Em comunicado, o partido adiantava que alertou o Governo dos Açores, formado por PSD, CDS e PPM, "para os constrangimentos verificados ao nível da obra de intervenção do Centro de Saúde das Velas, a qual foi iniciada mas se encontra parada desde o Verão, devido ao aparente abandono por parte do empreiteiro”.

Num requerimento, a deputada Catarina Cabeceiras, eleita pela ilha de São Jorge, questionou o executivo “sobre o ponto de situação da empreitada do Centro de Saúde das Velas, nomeadamente desde quando se encontra parada”.

A centrista manifestou preocupação pelos “profissionais de saúde e funcionários a trabalhar em condições provisórias e com reduzidas condições, devido à deslocação necessária para a adaptação de valências e a reformulação de serviços, nomeadamente, o internamento e gabinetes médicos”.

O documento destaca que as intervenções geram “inúmeros constrangimentos”, já que “são dirigidas com maior incidência aos serviços de urgência e internamentos, assim como aos gabinetes médicos e de enfermagem”.

A obra de reabilitação deste Centro de Saúde está orçada em 1,6 milhões de euros e tem um prazo de execução de 18 meses, sendo que o contrato foi firmado em janeiro de 2019, lembrava o partido.


PUB
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.